triste…

tem piada o facto de abdicar da minha liberdade para ajudar alguém a quem dou a minha amizade livremente para ajudar a sair de um buraco onde caiu. a piada reside no facto de quando consegui tirar a amiga do buraco em que estava eu fui imediatamente rotulado de “chato”, “interessado”, … alguém não desejável por perto por se ter transformado num estorvo, na consciência indesejada.

é triste ver essa pessoa a para outro buraco, novamente.

será que vale a pena continuar a “perder tempo” a mostrar a floresta a quem gosta mesmo de estar numa possilga?

estou triste, porque sinto que deitei aos porcos o tempo que poderia ter usado para mim… triste, porque nem entendem a minha amizade… triste, porque sei que vou ter de voltar a estender a mão… triste, porque não sei se a vou voltar a dar tão inocentemente…

estou triste.

triste por me sentir usado.

triste, porque não é justo.

triste…

 

a verdade é que vou voltar a dar a mão e vou voltar a sentir a dor… voltar a estar só por me sentir abandonado.

 

2 thoughts on “triste…

  1. errata: onde se lê “é triste ver essa pessoa a para outro buraco, novamente.” leia-se “é triste ver essa pessoa caminhar para outro buraco, novamente.”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s