Coisas

Existem coisas que me intrigam nisto da beleza feminina.

Aos fins de semana, quando vejo um pouco de televisão, sem ser de passagem num qualquer restaurante, café ou bar, reparei na publicidade de uma marca de roupa interior, não pela beleza da moçoila, da fotografia nem dos trapinhos com que a moçoila se apresenta, mas pelo motivo pelo qual as moçoilas devem comprar aquela peça de roupa interior.

Pensava eu, na minha ignorância, que a roupa interior se comprava pelo conforto, por um algum motivo fetichista ou a realização de uma qualquer fantasia.

Pensava eu que aquelas peças que fazem com que uma moçoila pareça ter umas maminhas maiores que o que realmente tem tinha passado de moda. Parece que não, porque esta marca apresenta isso como trunfo “compre e fique com o número acima” (ou algo do género).

Será que toda a gente vive uma mentira num mundo de faz de conta? Algum dia terá de se apresentar como realmente é, e depois?…

Não entendo esta necessidade.

Muito menos o começar algo, seja lá o que for, com uma mentira.

Entendo que a mentira é o caminho fácil e quando todos fazem o mesmo melhor.

Quem gosta da verdade, como eu, isso é comida plástica sem sabor… com sabor sintético… enfim.

Pronto, já deitei cá pra fora.

Sejam felizes.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s