domingo + praia + tugas = lixo, muito lixo

Existem coisas mais certas que amanhã nascer um novo dia.

Verdadeiros acampamentos tugas nas praias!

Não os entendo!

Para mim, praia é um sítio de alegria e descontração onde as pessoas se despem de preconceitos e roupa. Onde deixamos o sol beijar a nossa pele até a deixar queimada, o vento seque os cabelos e o mar nos refresque da intensidade com que o sol nos beija.

Será que para isto termos de transportar a casa até à praia?

Os vejamos um exemplo, e não dos mais extremos, disto:

image

Pela imagem dá para ver que não cavaram um fosso para colocarem as piranhas, porque a praia onde montaram o acampamento não tem espaço.
Este bocado de praia, um autêntico paraíso nos outros dias do ano, tem 3 acessos:
– um praticamente impossível por ser necessário ter características de escalador para subir as escadas e visão de super homem para as encontrar no meio dos canaviais;
– um bastante utilizado por estar mais perto da estrada, mas que não é fácil para pessoas jovens e muito menos equipadas com chinelos e outro calçado de praia;
– um do lado mais afastado que, tirando o saltinho final, é o mais fácil… era, porque hoje tínhamos de atravessar o castelo e não sei se teríamos de pagar pela passagem.

Com tanto sítio, o castelo foi montado mesmo na entrada.

Com este tipo de domingueiro frequentador das praias vem outra coisa que se acumula durante o acampamento e ainda cresce quando ele se levanta para contar a casa.

O lixmoda.

image

Este é apenas um exemplo. Ontem não estava assim…

Será que é assim tão difícil levar o lixo que trazemos de volta connosco e o largar nos pontos de recolha do nosso dia a dia em casa? Acho que não, mas para este tipo de tuga deve ser algo de impossível.

Como se não bastasse o nosso lixo que o mar nos vai largando nas praias por o enviarmos para o mar, ainda termos de amontoar mais lixo.

Não entendo.

São estas pequenos coisas que fazem com que cada vez mais não diga a ninguém dos sítios excepcionais que vou encontrando. Quando publicitados um sítio excepcional em pouco tempo deixa de o ser por passar a ser frequentado por pessoas que não entendem o motivo da sua excepcionalidade e que o frequentam por estar na moda.

Seque uma imagem do que ainda existe mais uns metros à frente:

image

Termo que com a melhoria do acesso, este bocado de praia deixe de ser o que é durante a época alta…

Fiquei indignado com o lixo!

Por agora chega de falar em coisas tristes e que me revoltam.

Sejam felizes!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s